Meditação

Palestra Podcast Sobre Meditação e Gnose

Muito tem se falado sobre meditação e espiritualidade nos últimos tempos, tanto quanto em nenhuma outra era! Isso se da pelo atual fim da era de Peixes e Inicio da Era de Aquário, o novo AEON ou como você queira chamar, procura por temas como esoterismo, espiritualidade e principalmente Yoga, mantras e meditação estão aumentando a cada dia, porem 80% dos que entram neste meio o fazem de maneira superficial ou aprende sistemas disfuncionais, perdendo de aproveitar os benefícios inestimáveis da Arte. Tanto a aqueles que buscam a meditação para auxiliar em curas, para aliviar o Stress da agitação contemporânea, focar em estudo e seu trabalho ou ate aquietar a mente para receber ‘’Insights’’ do seu EU SUPERIOR assim como o fogo de ‘’Prometeu’’ Promete a Lâmpada da Idéia, a Meditação se estudada e aplicada da forma correta pode satisfazer todos os tipos de buscadores, principalmente os que estão na senda INICIATICA, pois para estes, Meditação é Requisito!

Pesando nisso o CSF – Cabala Sem Fronteira cria esse Intensivo de Meditação, para todos aqueles que buscam essa luz que é a meditação tanto para o meio profissional, pessoal quanto iniciática

.

O QUE É MEDITAÇÃO?

Meditação: Meditar é (Me Editar), pode se disser que é a Arte e Ciência de Manipular a energia através da vontade focada, tanto entrando em si, anulando o ego quando alcançando expansão e altos níveis de consciência alterada em prol de um objetivo. Nesta apostila de introdução a meditação verá o que é, como funciona e os benefícios da mesma. Tenha uma Ótima Experiência.

Origem

Não é possível determinar ao certo a origem da meditação, uma vez que diversas culturas e religiões fizeram e ainda fazem uso da mesma, dando a ela diferentes nomes, tanto Hebraicas, Persas, hindus e dentro de diversas Ordens iniciatica como Rosacruz, Maçonaria, Templários e até na Igreja utilizavam e utilizam a meditação, também suas ramificações semelhantes a mantras, mudras(posições corporais) e mandalas (símbolos esotéricos como cruz, estrelas e geometrias abstratas). Os Primeiros textos e escrituras datam mais de 3000 a.c., vinda de povos como Sumérios, Babilônicos, Egípcios e em Sânscrito pelos Hindus como os VEDAS. É possível que conforme ocorreu a evolução das estruturas cerebrais e da consciência humana, deve ter iniciado a meditação e seu resultado – A Gnose (Êxtase).

História:

A meditação assim como a espiritualidade, se perde no tempo e na escuridão dos dias… Quisera eu estar presenciando o som da fogueira, queimando a madeira sobre a brisa suave em um local do período paleolítico onde as estrelas brilhavam côo nunca ao céu tranqüilo, longe dos turbilhões e poluição sonora e visual de nossa era… Bem, Talvez possa arriscar dizer que assim como as outras artes como a Alquimia, ela surgiu quando D’us (Primeira Causa), se concentrou antes de VERBALIZAR O MANTRA: FIAT LUX (Se Faça a Luz), e eis que o verbo se torna carne, coisa Vivente. A

Porem, Segundo a arqueologia a evolução humana atingiu a capacidade cerebral que conhecemos hoje há cerca de cinqüenta mil anos. No entanto na pré-história ocorreu a domesticação do fogo por volta de oitocentos mil anos atrás. Os homens pré-históricos faziam fogueiras permanecendo em torno delas para se aconchegar e se proteger. Nestas ocasiões podem ter ocorrido as primeiras experiências meditativas, focando a atenção nas chamas por horas, alterando o seu padrão de luta-fuga em troca de um estado alterado, mais calmo e de repouso, Vemos essa pratica nas culturas Americanas, Norte, Centro e Sul americanas como os maias, incas, Índios, etc… Sempre buscando o equilíbrio e expansão espiritual e mental. Sendo por via de plantas de poder, musica, dança incensos e orações. Na Cabala Judaica, suméria, babilônica, persa, os Gregos, Romanos e por fim na própria Igreja, O terço nada mais é que uma meditação em forma de Oração e os cantos Gregorianos mantras cantados.

Segundo o antropólogo Gary Snyder, o nascimento da meditação, se deu na experiência do caçador arcaico. Como eles não possuíam instrumentos de caça que possibilitasse um distanciamento para abater a caça, chegavam muito próximo da presa, precisando silenciar os pensamentos

Sócrates, Gilgamesh, Moisés, Platão, Cristo e Maomé utilizaram a meditação e o êxtase para compreender seus mecanismos psicológicos, influenciando o destino da humanidade através de seus discernimentos profundos

Carl Jung contribuiu para o conhecimento da meditação no mundo ocidental, através da auto-análise, equivalente a busca da visão do Buda dois mil e quinhentos anos antes para mundo a oriental. O principio meditativo consistia em concentrar a atenção interior numa “fantasia” de cada vez, tomando-as por objeto de meditação, em lugar de permitir que muitas “fantasias” desconexas surgissem e lhe confundissem a exploração. Mais tarde, chamou a esse método de “imaginação ativa”. Seus estudos inspiraram muitos filósofos, magos e psicólogos e rendeu escolas poderosas como as de . Mas Muito antes os Gnosticos, Alquimistas, Hermetistas, Hebreus, Platonicos, Pitagóricos, Egipcios, Cabalistas, Hindus , Monges e Sufis já se aplicavam a estudar a arte do êxtase e da Gnose. Hoje os conceitos modernos da PNL ajudaram a redescobrir como os magos mapeavem a alma de uma forma moderna ajudando a conectar a ciência, magia e a física novamente, porem a Magia e a Ciencia Oculta oferece muito mais e de forma mais completa já que a pnl de Bandler e Grinder trata apenas do físico e mental, e desconhece que nos temos 7 corpos.

Conceito:

Se você pesquisar em algum site como Wikipédia ou dicionário, você terá uma resposta que meditar é relaxar, entrar em si ou conectar com sua essência. Apesar de a meditação ser divulgada como um auxiliador ou técnica para vencer o stress, a raiva, medos, traumas ou até doenças, ela em verdade é muito mais que isso, além de tudo isso, Ela é uma chave para começar controlar a vida, a sua e também externamente, sendo uma ferramenta de manipulação das energias essenciais para o caminho místico, espiritual, profissional e psicológico.

A palavra meditação vem do Latim, meditare, e significa ir para o centro, no sentido de desligar-se do mundo exterior e voltar à atenção para dentro de si.

Meditação em sânscrito é Dhyāna que significa “pensar ou refletir” é quando se mantém a consciência na atenção sem alterar ou oscilar a concentração. Ela também é entendida como estado de Samādhi que significa “êxtase”, promovendo uma dissolução da nossa identificação com o ego e total aprofundamento de nossos sentidos, porem veremos que esta visão esta errada.

Seu objetivo é compreender o que antes não compreendíamos ver o que antes não víamos e estar onde nunca estivemos em relação a um objeto ou sujeito Levando a pessoa a tornar-se atenta, experimentar o que a mente está fazendo enquanto ela o faz, estar junto com a própria mente e desenvolver o autoconhecimento e a consciência. Observa-se os pensamentos, para que seu fluxo seja progressivamente reduzido. O que parece simples é extremamente complexo para algumas pessoas, principalmente os ocidentais, tão ligados ao que pode acontecer e não ao que está acontecendo. Porem a meditação é muito mais que isso, ela é uma das Grandes Chaves de nossa arte, um parâmetro de nosso sistema cientifico e filosófico da Ciência Oculta, na qual sem dominar-la, ‘’o Mentalismo’’ nos domina e nossa ação não tem taumaturgia, ou seja, resultados palpáveis em Malchut (Assiah – Terra – Plano Fisico), eu digo que a Meditação é: A Arte e Ciência do controle e manipulação da Energia, pois sabemos que tudo no Universo é energia: Não ah diferença em uma parede e uma nuvem, pois são elétrons, prótons e neutros (se dividir mais quackers, bóson de Rigges e Vácuo quântico), mas tudo é energia, Então para falar de meditação temos que pensar em Hz e freqüência, pois tudo é vibração.

Beneficios

Vamos então aos benefícios da meditação.

# 1º A meditação Reduz probabilidade de ataques cardíacos:

A Associação Americana do Coração, após uma pesquisa em grupo de paciente s de 59 anos de idade ao longo de 9 anos, concluiu que utilizar a meditação reduz em 47% às chances de se ter um ataque cardíaco.

# 2º Fazer a meditação melhora a qualidade do sono:

De acordo com um estudo realizado em Northwestern Memorial Hospital, de Illinois, 5 pessoas entre 25 e 45, que sofriam de insônia crônica,foram submetidas a práticas de meditação diárias durante 2 meses. Elas passaram a dormir duas horas a mais por noite e atingiram níveis de sono profundo próximos ao considerado saudável.

# 3º Meditar Acaba com a Depressão:

A Universidade da Califórnia, através da prática da meditação, consegui que 20 idosos com depressão, tivessem melhora do humor com um programa de 8 semanas de relaxamento e meia hora por dia de meditação.

# 4º Meditar Melhora a saúde mental:

Uma pesquisa realizada pelo psicólogo Michael Posner e o Neurocientista Yi-Yuan Tang, verificou que quanto mais densos os axônios (parte do neurônio responsável por impulsos elétricos), menor a probabilidade do indivíduo sofrer distúrbios mentais, de depressão a esquizofrenia. “A quantidade de conexões cerebrais está diretamente relacionada à saúde mental. Neste sentido, podemos dizer que a meditação é um exercício para a mente, excelente para deixá-la mais ‘musculosa’ e prevenir doenças”, afirma o professor Posner.

Quer aprender a Meditar? Participe do Workshop Os primeiros passos da meditação.

# 5º A meditação previne e combate o câncer:

Segundo o psiquiatra Judson A. Brewer, de Yale, meditar aumenta a produção de anticorpos e intensifica a ação da enzima telomerase. Essa informação é importantíssima, pois ajuda no tratamento de tumores malignos. Houve até mesmo uma declaração da Associação Americana de Urologia de que a meditação é recomendada para ajudar a conter o câncer de próstata.

# 6º Ajuda a lidar com doenças crônicas:

No hospital Saint Joseph, em Chicago, uma grupo de 130 mulheres com câncer de mama, e todas com mais de 55 anos, participaram de um teste onde foram divididas em dois grupos. O primeiro fazendo meditação ao longo de dois anos e o outro não. A metade que meditou obteve maior capacidade em lidar com as dores provocadas pela quimioterapia, além de obter uma reação física melhor a doença.

# 7º Melhora do ritmo cardíaco:

Na Universidade de Ciências da Saúde da Geórgia, 31 adolescentes hipertensos foram submetidos a prática da meditação. Eles teriam que meditar durante quatro meses, duas vezes ao dia, por pelo menos 15 minutos. O que se observou foi uma diminuição da massa do ventrículo esquerdo, o que colabora para diminuição do risco de infarto.

# 8º Meditar Melhora a atenção:

Daniel Goleman, psicólogo norte americano, em seus estudos sobre meditação, verificou que quanto maior o tempo de meditação, maior o nível de atenção. Isso colabora para a redução da ansiedade e do estresse.

# 9º Meditar reduz a ansiedade:

Foi o que comprovou a equipe de cientista de Wake Baptist Medical ível em seu estudo com pessoas com nível de ansiedade normal diário. Todos meditavam durante 20 minutos diários ao longo de 20 dias. A redução do nível de ansiedade foi de 39%.

# 10ª Diminui efeitos do Estresse pós-traumático:

Foi o que constatou a pesquisa conduzida pelo Wake Forest Baptist Medical Center, Carolina do Norte, onde eles observaram 28 enfermeiras que sofriam de stress pós-traumático. Metade foi orientada a realizar meditação e alongamentos durante duas semanas, enquanto a outra não. A metade que realizou os alongamentos e as meditações obteve uma redução de 67% nos níveis de cortisol, enquanto que a outra metade permaneceu sem alteração.

# 11º Meditar melhora seus pensamentos e emoções:

O Estudo feito por Wake Forest B. Medical, também comprovou que 20 minutos de meditação diária ativa regiões do cérebro responsáveis pela emoção e pensamento.

# 12º A meditação aumenta a capacidade de processamento cerebral.

Uma pesquisa publicada na Frontiers in Human Neuroscience em fevereiro de 2012, mostrou que pessoas que meditavam possuíam um padrão maior da gyrification cortical. Isso demonstra que meditadores podem processar informação de forma mais rápida.

# 13º Fazer meditação melhora a recuperação de memória:

Catherine Kerr, pesquisadora do Martinos Center for Biomedical Imagin, descobriu em sua recente pesquisa que pessoas que meditam possuem melhor rastreamento de informações do que aqueles que não meditam. Isso faz com que consigam recuperar a memória de forma mais efetiva e rápida.

# 14º Quem pratica meditação controla melhor suas informações:

Um grupo de pesquisadores da Universidade de Califórnia, em 2009, realizou uma pesquisa com ressonância magnética para verificar como se desenvolvia o cérebro dos meditadores. Ela identificou que houve aumento da massa cinzenta .

# 15º A meditação equilibra a produção endócrina.

A meditação modifica o organismo, pois altera e equilibra a produção de hormônios e neurotransmissores. O relatório publicado em1994 pelo Office of Alternative Medicine do Health Nation Institute, diz que meditar diminui a produção do hormônio do estresse, cortisol e aumenta a produção de serotonina e melatonina.

# 16º Meditação ajuda no controle do peso.

Ainda seguindo o relatório da Office of Alternative Medicine do Health Nation Institute, meditar ajuda no controle do peso, porque ajuda a produzir DHEA, uma substancia produzida pelas suprarrenais e ajuda no controle do peso.

# 17º Preserva a função sexual.

Segundo a mesma pesquisa, a produção de DHEA também auxilia na preservação da função sexual e na manutenção da memória.

# 18º Meditar reduz a ansiedade e a síndrome do pânico.

Segundo Greenberger, meditar reduz significativamente a ansiedade e a síndrome do pânico. O mesmo achado teve em suas pesquisas, Sangat Kaur Khalsa, PhD em epitemologia clínica.

# 19º A meditação reduz sintomas pré-menstruais:

Khalsa diz que no registro da Office of Alternative, os pacientes mostraram redução de sintomas pré-menstruais em até 57%. Sintomas como depressão, ansiedade e estresse.

# 20º Meditar reduz e elimina enxaquecas:

Na mesma pesquisa houveram 57% de redução das enxaquecas, sendo que 24% tiveram redução de medicação após o tratamento.

# 21º A meditação reduz o envelhecimento:

Por fim e não menos importante, meditar reduz o envelhecimento. Foi isso que comprovou o estudo publicado pela Maharish University of Management e publicada no International Journal of Neuroscience. Eles compararam a idade cronológica com suas idades aparentes. Foram considerados como parâmetros para avaliar a idade biológica a pressão sanguínea, a visão de perto e a capacidade de escutar do participante. Constatou-se que as pessoas que meditavam aparentavam 12 anos a menos que sua idade real. Porem o maior beneficia para você que é magista ou quer ampliar o poder de sua mente é a produção controlada das voltagens e freqüências cerebrais que reverberam na criação de neurotransmissores no cérebro ajudando na cura e prevenção de depressão, cristalização de pensamento, moral, princípios, emoção nas memórias, pensamento e visualização mais vividos e por fim Melhor qualidade dos mesmos e da Gnose. A gnose por sua vez É um dos 7 pilares da Equação (Pratica de nossa filosofia) que faz a Realização na terra, logo é um dos segredos da Lei da Atração como veremos a frente. Também é um dos 7 pilares da equação MAGIA, na qual magos de 3, 4, 7, 10, 40 anos muitas vezes não a RELEVAM com sua devida importância, ai um bom mago desses (99,9 %) mago de poltrona, Leu mais de 100 livros, Le na internet, vê vídeos, documentários, ai ele vai para concretizar sua vontade através de um planejamento pratico, no Seu Laboratório, templo ou consultório, e tem efeito nenhum, continuam na mesma vida, não conseguem mudar o mundo nem sua realidade, pois em uma equação, cuja o binário é 0 ou 1, 1 para (Aconteceu em malkut – Plano físico) e 0 (zero para não surtiu efeito), seu resultado é 0, pois parte da equação (7 pilares), não estão completo. Este é o ponto chave da meditação: ela te ajuda a entrar em um dos 4 tipos de gnose conhecido, que é a chave da materialização dos objetivos. Veremos esses efeitos no Cérebro.

Veja quantos benefícios você está perdendo por não meditar.

O cérebro da meditação

PARA AQUELES QUE AINDA ACHAM QUE MAGIA, MEDITAÇÂO E CABALA HERMETICA NÃO É CIENCIA:

Você medita? Não? Deveria. E já deu um grande passo iniciando este presente curso. Os efeitos dessa prática no organismo e no comportamento humano têm sido muito estudados na atualidade, apesar de a meditação ser praticada há milênios, nas filosofias espirituais do Oriente.

Para alguns autores, a meditação é uma espécie de “treino da atenção plena à consciência do momento presente”. Estudos também consideram que, na meditação, “a interpretação dos fatos é mais importante do que os fatos em si”. Fato é que essa prática tem contribuído de forma significativa para a evolução e desenvolvimento em diversos âmbitos da vida dos praticantes.

Trata-se de um exercício interior, um momento de concentração profunda, que “coloca em contato com o equilíbrio geral”, como explica a psicóloga que trabalha com meditação há 5 anos Paula Baccelli. A técnica constitui uma grande variedade de práticas que visam a um treinamento mental, cujo intuito é “educar” a mente; isto é, desenvolver e aprimorar habilidades para lidar melhor com as emoções e conviver melhor consigo mesmo.

Existe até uma modalidade denominada Meditação Emocional.

Dentre os diversos benefícios já observados em praticantes da meditação, é importante destacar a grande influência em mudanças comportamentais.

Estudos mostram que a meditação também pode auxiliar na diminuição de pensamentos detrativos e ruminantes, na melhora da atenção, na saúde física e na qualidade das relações familiares e profissionais.

Outras pesquisas também apontam que pessoas que praticam meditação há mais tempo e com regularidade se mostraram mais alegres, estáveis emocionalmente, confiantes e concientes.

Para Baccelli, os benefícios são diversos e imediatos. Para além de um mergulho profundo em si mesmo e uma percepção mais holística da vida, temos:

Redução dos níveis de estresse;

Aumento da capacidade de concentração;

Aumento da capacidade de memorização;

Desenvolvimento do raciocínio lógico-matemático;

Desenvolvimento da criatividade;

Redução significativa da violência;

Equilíbrio do campo emocional;

Redução da dor crônica;

Redução da ansiedade generalizada;

Aumento da imunidade.

Pessoas meditando para preservar a saúde mental

Atualmente, pessoas de várias idades meditam em busca dos benefícios para o cérebro proporcionados pela prática da meditação.

Qualquer prática pode ser considerada meditação?

Não. Foram definidos elementos (atualmente aceitos pela ciência) para caracterizá-la; são eles: uso de técnica claramente definida, com foco em atenção e produção de relaxamento muscular e psíquico com redução do pensamento lógico.

A psicóloga também explica que “há um movimento básico indispensável para qualquer prática meditativa, que envolve respiração, concentração e postura“. Assim, a meditação trabalha a mente e o corpo. É uma ginástica que não requer muito tempo: bastam 15 minutos e um pouco de persistência e regularidade para ver, cada vez mais, mudanças em sua vida.

Os tipos de meditação

Várias são as modalidades: Zazen, uma meditação zen-budista que estuda o self; Kinhin, praticada quando se está fazendo caminhada, concentrando a atenção nos pés ao pisar; meditação transcendental, que provém das tradições hindus e consiste em repetir um som para si, para que o foco de sua mente vá para ele. Além disso, tem-se a meditação guiada, caracterizada pela formação de imagens que acredita-se serem relaxantes; o Qi Gong, prática que combina meditação, relaxamento, exercícios físicos e de restauração para manter o equilíbrio; Tai Chi, uma forma de artes marciais chinesas; a Ioga, na qual são utilizados exercícios de respiração e postura para acalmar a mente e desenvolver um corpo mais flexível, Tzadik, Xamanica, Sufi, Samadhi, Satori, dentre várias outras. Mas focaremos nestes 5 tipos finais.

Já a Meditação Emocional é um método de meditação em 5 passos que busca a consciência plena e o equilíbrio emocional.

Por outro lado, um artigo recente de Menezes e DellAglio ilustra os tipos de meditação, conforme a literatura científica, em dois tipos: concentrativa e mindfulness. A primeira é caracterizada pela atenção em um determinado foco, como a respiração. Já a meditação mindfulness é caracterizada pela “consciência da experiência do momento presente, com uma atitude de aceitação, em que nenhum tipo de elaboração ou julgamento é utilizado. À medida que estímulos internos ou externos atingem a consciência do praticante, este simplesmente os observa e, assim como surgiram, deixa-os sumir, sem qualquer reflexão ou ruminação” (Shapiro í í., 2005).

Como o cérebro reage quando estamos meditando

Meditação e reações no cérebro

O nosso cérebro reage – e por sinal, muito bem – às práticas meditativas. Diversos pesquisadores têm se dedicado ao estudo de como a meditação interfere não somente no comportamento humano, mas na saúde física e no funcionamento do cérebro.

Estudos mostraram que ela pode ativar certas áreas cerebrais, como aquelas relacionadas ao bem-estar. Isso se deve à plasticidade do cérebro; isto é, ele possui a capacidade de desenvolver novas conexões, na medida em que é estimulado. A meditação é um desses estímulos e, de acordo com o tempo e regularidade da prática, os efeitos cerebrais/físico-comportamentais podem ser ampliados.

Alguns estudos demonstram alterações neurofisiológicas específicas quando a pessoa está meditando, como a redução do consumo do oxigênio, o que indica, por conseqüência, uma diminuição do metabolismo. A conclusão é de que a prática propicia um padrão de hipometabolismo basal, apesar do estado de alerta em que a mente se encontra.

A conclusão de um estudo da Universidade Nacional da Singapura (NUS) mostra algo interessante: nem todas as práticas meditativas produzem os mesmos efeitos na mente e no corpo. A pesquisa revelou que alguns tipos de meditação budista suscitam efeitos diversos; um deles, por exemplo, produzia atividade parassimpática (relaxamento) aumentada, enquanto outro nem passava perto, ativava o sistema simpático.

Outra descoberta consiste na verificação de que a prática meditativa associou-se à ativação do córtex pré-frontal esquerdo, o qual está relacionado a afetos positivos e a maior resiliência.

Mais atenção, mais concentração

Os estudos ainda vão além. Pesquisas compararam a espessura do córtex cerebral de meditadores mais experientes com o de pessoas de um grupo controle. Conclusão? A espessura da área relacionada à atenção era maior nos praticantes de longa data.

Segundo o artigo de Menezes e DellAglio, “por meio do Exame de Tomografia Computadorizada por Emissão de Fóton único (SPECT, sigla em inglês) (Newberg í í., 2001) e por medição de ondas gama (Lutz í í., 2004), verificou-se que meditadores budistas experientes tinham respostas cerebrais que indicavam um poder significativamente maior de concentração, em comparação com o grupo-controle”.

As pesquisas também mostraram que certas características que se manifestam por meio da meditação podem ser explicadas através da atividade neuroelétrica. Assim, ilustraram, por meio da eletroencefalografia (EEG), um aumento da produção de ondas teta em meditadores mais experientes.

Em tempos nos quais vivemos “correndo”, meditar é mais que um bom caminho, é essencial para aprendermos a “correr” com qualidade e sabedoria. Mas, será que, no caso da meditação, a frase popular “tudo que é demais passa” vale? “Duvido!”, afirma Bacceli. “As pesquisas provam a sua eficácia e como prática milenar não faz parte de modismos passageiros. Não há contra indicação”.

FREQUENCIA E VIBRAÇÃO

O Universo como já sabemos obedecem a leis para que a matriz funcione, e a MEDITAÇÂO não poderia fugir delas, pois por meio DESTAS, ela funciona e se manifesta e também por essas leis o Iniciado Manipula a ENERGIA e tem as CHAVES dos MISTÉRIOS. Tanto a física quântica quanto a convencional vem redescobrindo os ensinamentos que a muito tempo nossos antigos profetas já haviam ‘’recebido’’ e ensinado aos poucos ‘’neófitos e iniciados eleitos’’ que buscavam ser ILUMINADOS, ADEPTOS e HIEROFANTES da ARTE. Diziam os mestres que te todas as leis eles nos passaram 7 principais. Veja um trecho do Livro Manual do Aprendiz Cabalista do Autor Vinicius Oliveira que Cita o Caibalion Atribuído a Thot (Hermes Trismegistus):

A Ciência tradicional baseia-se nos princípios herméticos. São eles paralelos aos

Princípios da Nova Física. A origem vem dos deuses: Hermes(grego),Thot

(egípcio) e Mercúrio (romano), todos o mesmo deus,na antiguidade.

São Sete os Princípios ou Leis Herméticas:

1ª) Lei do Mentalismo:“O TODO é MENTE; o Universo é

Mental

2ª)Lei da Correspondência:“O que está em cima é como o que está embaixo, e o que está

Embaixo é como o que está em cima

3ª)Le ida vibração:“Nada está parado; tudo se move; tudo vibra.”

5ª)Lei do ritmo:“Tudo tem fluxo e refluxo; tudo tem suas marés; tudo sobe e

Desce; tudo se manifesta por oscilações compensadas; a medida do movimento à

“Direita é a medidado movimento à esquerda; o ritmo é a compensação.”

6ª)Lei do Gênero:“O Gênero está em tudo; tudo tem o seu princípio masculino e o

Seu princípio feminino; o gênero se manifesta em todos os planos.”–OCAIBALION

7ª)Lei de Causa e Efeito:“Toda a Causa tem seu Efeito,todo Efeito tem sua

Causa; tudo acontece de acordo com a Lei; o Acaso é simplesmente um nome dado

A uma Lei não reconhecida; há muitos planos de causalidade, porém nada escapa à

Lei.”OCAIBALION

Hermes Trismegistus

Percebe Como para a Meditação é importante saber estas leis? Pois nela tu usarás todas as leis, o mentalismo junto do ritmo causa a freqüência que manifesta pela vibração a vontade e o objetivo! Mas antes de se Aprofundar vamos entender um pouco mais de volts e freqüências (Hz).

AS FREQUENCIAS:

As Frequencias, Volts, Neurotransmissores e seus efeitos:

Existem 5 tipos de ondas cerebrais que trabalham quase como notas musicais. Umas agem em baixa frequência, outras em uma frequência mais elevada. No entanto, em conjunto são capazes de formar uma sintonia harmônica na qual os pensamentos, as emoções e as sensações podem alcançar um equilíbrio perfeito, com o qual sentimos estar mais equilibrados e receptivos a tudo o que nos rodeia…

Você já pode ter ouvido alguém dizer “Eu quero treinar a minha onda cerebral alfa para me sentir mais relaxado e conseguir serenidade e paz interior”. Ultimamente fala-se, inclusive, de máquinas de biorretroalimentação capazes de estimular certas ondas que permitem alcançar determinados estados de consciência. Bom, a verdade é que é preciso tomar cuidado com estes conceitos.

Com relação às ondas cerebrais, o segredo do verdadeiro bem-estar está no fato de que cada uma delas trabalhe de forma adequada, dentro da sua frequência e em um nível ótimo. Não se pode ignorar que estes ritmos cerebrais não são estáveis, mas mudam à medida que nós crescemos, amadurecemos e envelhecemos. O objetivo, portanto, não está em ficar obcecado em potencializar as ondas Betas para melhorar a atenção, ou as ondas Gama para alcançar um suposto estado místico ou espiritual.

A verdade é que não há um tipo de onda cerebral melhor que outro, ou uma mais especial entre elas. Todas são importantes, porque todas são o resultado da atividade elétrica dos neurônios e de cada um dos estados mentais.

Tipos de Meditação:

Dois grande grupos definem a forma de meditação e 3 niveis: a ativa, quando se executa uma tarefa, se concentrando apenas e exclusivamente nela (ex: pintura de mandala, labirinto, origami, etc); e a passiva, onde o corpo permanece imóvel e a atenção é dirigida para a e edição do fluxo dos pensamentos, Com a medição você pode alcançar os 4 níveis de iluminação ou Clímax (GNOSE), Os Climax são divididos em:

-Samadhi;

-Satori – Budica

-Xamanica

-Tzadik

Ambas distintas umas da outra e cada uma alcança diferente grau e tipo de iluminação.

A Diferença entre os estilos:

Veja a diferença entre os tipos e o que ela causa na mente e corpo.

A meditação Samadhi

Talvez a mais comum e famosa, esta meditação ela existe em vários níveis, cada nível com seu grau de dificuldade e efeitos! Não só a Samadhi, na qual consiste na meditação comum dos Hindus, você fica em uma posição parado (flor de lótus por exemplo), sem mover o corpo você anula todos os pensamentos, e tenta chegar no nível de inércia (Matar o EGO), mas cada tipo de meditação ou sistema mágico é como uma luz, cada um ilumina de acordo com o tipo de lanterna e pilhas que adquiriu na caminhada e estudo, ou seja a lanterna e as pilhas são a preparação X conhecimento, a luz e o objeto iluminado é a própria gnose e verdadeira vontade do operador. Neste nível (Samadhi), você tem baixa freqüência corporal e mental, chegando de 0 a 11 hz sendo neste caso de DELTA a ALFA. Esta meditação é usada para sair do corpo em desdobramento e projeção astral, o Nivel de iluminação que ela proporciona era muito citado pela Teosofia de Blavatski, falaremos mais a frente do curso uma por uma mais exemplificada e pratica.

MEDITAÇÂO SATORI OU BUDICA

Este tipo de meditação também é bem conhecido pela maioria dos interessados no tema, quem nunca ouviu ou assistiu algum vídeo de meditação baseado na ‘’LEI DA ATRAÇÃO’’? Aqueles que te instigam visualizar e meditar em algo com a ‘’TELA MENTAL’’, tão usado na Programação neurolinguistica?

Exemplo: – ‘’Deite ou fique em uma posição confortável e entre em relaxamento, agora ‘’IMAGINE’’ que está em um ‘’LOCAL AGRADAVEL’’, Uma praia, a água toca seus pés, e a cada momento o relaxamento reverbera no seu corpo todo, e você fica mais e mais relaxado… ’’

Pois bem neste tipo, você tem baixa freqüência (movimentação) corporal, e media freqüência mental, pois você tem imobilidade do corpo (Deitado, sentado ou flor de lótus), mas visualiza com a tela mental alguma mandalas, símbolo, texto sagrado ou situação, causando uma freqüência de 12 a 23 hz sendo ela BETA equivalente ao nível de desperto (Acordado). Neste tipo assemelhasse com os Budistas e os adeptos da Lei da Atração, o budista fica em Assanah de Lotus (Posição de Lotus) porem a mudra (posição das mãos) pode mudar. (A FRENTE NO CURSO FALAREMOS DE MUDRA). O nivel de iluminação neste tio é Bodisatva ou Buda.

MEDITAÇÃO ESTILO XAMANICO

A Meditação Xamânica tem a movimentação corporal como dança, tocando tambor ou chocalho, cantando mantras, porem você tem 1 foco mental ou nenhum, então você tem baixa freqüência mental, alta carga de volts e grande movimentação e freqüência corporal. Vemos também esse estilo na sigilização do CAOS.

MEDITAÇÃO TZADIK

Aqui temos um tipo raro e pouco conhecido, mas se analisar a maioria também já pelo menos conheceu se não praticou: A TZADIK.

Tzadik em hebraico significa JUSTO, pois este é o nível de ILUMINADO na Cabala e no judaísmo. Esta Meditação é vista Sufismo, Cabala, Judaísmo, escolas de Gurdjieff e Alquimia (apesar de que nela ter todos os tipos de meditação e todas as meditações serem alquimia), Na Meditação Tzadik existe alta Freqüência tanto corporal quanto Mental chegando de 22 a 100 hz ou mais de Beta a Gamma. O Processo é movimentos corporais, visualização mental e mantras ou Orações, visualizar mandadas sagradas, cantando mantras e musicas, sem contar o uso de Plantas de poder como cogumelos, ayahuaska , entre outras. Alem disto esse tipo de meditação tem como característica a meditação em arquétipos filosóficos e simbólicos usados na construção de uma cosmo visão congruentes de universo, muito comum na teurgia e açunção de formas Deuses.

O ideal é começar por Samadhi, e assim ir passando para as outras conforma a pratica e objetivo, podendo seguir uma so senda iniciatica, já que cada uma é distinta da outra e leva a uma parte do cosmo micro e macro, como veremos no curso.

Resumo:

  • Samadhi: Baixa freqüência Corporal e mental 0 a 11 hz DELTA a ALPHA – Introspecção, melancolia, anulação do ego, reprogramação mental – Anulação do ego reprogramação, cura, contato com o SAG.
  • Satori: Baixa Freqüência Corporal e Média Mental 12 a 23 Hz BETA – Estado racional e acordado. Produz adrenalina, epinefrina e noraepinefrina – bom para implantar idéias e reprogramação. Em excesso pode causar gastrite e stress.
  • Xamanica- Visão e comunhão Animista com o cosmo-baixa freqüência mental, foco em 1 ou nenhum pensamento, Movimentação alta corpórea com alta carga de VOLTS.
  • Tzadik – Alta frequencia Corporal e Mental 22 a 100 hz ou mais – Gamma .

PARA APRENDER MAIS SOBRE MEDITAÇÃO ESCREVA-SE EM NOSSO CURSO DE MEDITAÇÃO ESOTERICA COM PROJEÇÃO ASTRAL NO LINK ABAIXO!

-> https://cabalasemfronteiras.com/cursos/ <-

%d blogueiros gostam disto:
search previous next tag category expand menu location phone mail time cart zoom edit close